sábado, 3 de abril de 2010

Amigo de Confiança

De partida para a guerra, um soldado muito ciumento resolveu colocar um cinto de castidade na esposa, temendo ser traído.
- Não é justo, posso morrer na guerra e minha mulher é muito jovem. Já sei, darei a chave ao meu amigo de confiança, e se algo acontecer comigo, ele poderá soltá-la.
No dia da partida, mal tinha cavalgado 200 metros, ouviu a voz do amigo, que corria desesperadamente em seu encalço.
- Que aconteceu amigo, o que houve?
- Companheiro! - disse o outro, totalmente sem fôlego. - Você deixou a chave errada!


Amâncio - Tribuna do Norte – RN

Aroeira – O Dia – RJ

Bello - Tribuna de Minas – MG

Confusão no velório!!!

Eram dois pescadores gêmeos.
Um casado e o outro solteiro.
O solteiro tinha uma lancha de pescaria bem velha.
Um dia, a mulher do casado morre.
E, como desgraça nunca vem só, a lancha do irmão solteiro afunda no mesmo dia.
Uma senhora, dessas curiosas e fofoqueiras, soube da morte da mulher e resolve dar os pêsames ao viúvo, mas confunde os irmãos e acaba falando com o irmão que perdeu a lancha.
- Eu só soube agora. Que perda enorme. Deve ser terrível para você.
O solteiro, sem entender direito, explicou:
- Pois é. Eu estou arrasado. Mas é preciso ser forte e enfrentar a realidade. De qualquer modo, ela já estava bem velha. Tinha o traseiro todo arrebentado, fedia a peixe e vazava água como nunca vi. É verdade que ela tinha uma grande racho na frente e um buraco atrás que, cada vez que eu usava, ficava maior. Mas eu acho que o que ela não agüentou foi que eu a emprestava a quatro amigos, que se divertiam com ela. Eu sempre lhes disse para eles irem com calma, mas desta vez foram os quatro juntos e aí foi demais para ela....
A velhinha fofoqueira enfartou!!!


Bessinha – A Charge Online

Eita Gota! Danou-se!

video

Clayton - O Povo – CE

Igualzinho

Duas senhoras que trabalhavam preparando cadáveres, antes do enterro, receberam um corpo para ser preparado.
Uma delas arregala os olhos e diz:
- Você já viu um destes? - referindo-se ao tamanho do pênis do falecido.
A outra responde:
- Meu marido tem um igualzinho!
Ao que a outra ainda espantada contra-argumenta:
- Assim grande?
- Não, assim morto!


Clériston – Folha de Pernambuco - PE

Duke - O Tempo – MG

Elvis - Amazonas em Tempo - AM

Inexperiente?

A filhinha decide casar-se mas tem medo do que poderá acontecer com ela durante a lua-de-mel, pois se tratava de uma mulher inexperiente.
Então ela pede à mãe que a acompanhe durante a lua-de-mel. A mãe a acompanha e hospeda-se no quarto ao lado do casal. Pela madrugada a mãe escuta o seguinte diálogo:
- Filha deixa vai, deixa, deixa...
- Não, não deixo.
O Noivo insistia:
- Pelo amor de Deus, DEIXA.
A mãe impaciente e vendo a besteira da filha, arromba a porta do quarto do casal e entra no quarto dizendo para a filha:
- Ó maluca, porque você não deixa.
A filha responde:
- Ô mãe, deu tanto trabalho para entrar e ele já quer tirar...


Fausto - Olho Vivo

Frank - A Notícia – SC

J. Bosco - O Liberal – PA

Comparação

Motoboy é como pênis:

Tem cabeça e não pensa, vai e vem o dia todo, quer passar onde não cabe, às vezes se esfola, geralmente anda duro e de quebra ainda fode os outros!


Junião - Diário do Povo – SP

Eita Gota! Danou-se!

video

Leandro – Olho Vivo

O Crime Perfeito

Infeliz com o seu casamento e inspirado por um filme que assistira, o português resolve se livrar da mulher.
Enquanto ela dormia, deu-lhe algumas facadas, arrastou o corpo até a sala, fez um buraco no chão e enterrou o cadáver.
Quinze minutos depois, quando terminava de limpar toda a sujeira, toca a campainha. Era a polícia.
- O senhor está preso!
Sem esboçar nenhum gesto de defesa, ele entregou-se.
Diante do juiz, intrigado com a esperteza dos policiais, ele perguntou:
- Puxa, como foi que vocês fizeram para descobrir tão rápido? No filme que eu vi pela TV, o cara fez a mesma coisa e só descobriram 30 anos depois!
Ao que o juiz respondeu:
- Certamente o cara morava numa casa térrea e não num apartamento como o senhor!


Luscar – A Charge Online

Newton Silva - A Charge Online

Paixão - Gazeta do Povo – PR

Resposta Mal-Criada

A certa altura da aula, a professora vira-se para o Joãozinho e pergunta:
- Joãozinho, do que é que você mais gosta?
- De boceta, professora!
A mulher ficou vermelha que nem um pimentão. Arrastou o menino para a diretoria.
A diretora repetiu a pergunta.
- Então, Joãozinho, do que é que você mais gosta?
- De boceta, diretora!
- Seu malcriado! Vou chamar o seu pai!
Meia hora depois, o pai do garoto entra na sala e a diretora vai logo explicando:
- Desculpe-me ter que chamá-lo, senhor, mas o caso é grave! O senhor precisa dar um jeito neste menino. O senhor imagina que hoje a professora perguntou pra ele do que ele mais gostava e ele respondeu: de boceta!
- Ah, dona! É que o menino é muito novo... vai ver nunca comeu um cu!


Sponholz - Jornal da Manhã – PR

Tiago Recchia - Gazeta do Povo – PR

Waldez - Amazônia Jornal – PA

quinta-feira, 1 de abril de 2010

A Tortura Chinesa

Em uma expedição na China, o sujeito se perde da sua turma e depois de ficar dias andando na floresta, encontra uma bela casa, onde vai pedir auxílio.
- Tudo bem! - concordou o dono da casa, um chinês muito velhinho. - Você pode passar a noite aqui e quando amanhecer eu lhe emprestarei um guia que o levará até a cidade. Você vai dormir no mesmo quarto que a minha neta. E quero que você prometa que não fará nada com ela!
- É claro que eu prometo senhor! Muito obrigado!
- Se quebrar a promessa, você vai ficar conhecendo as três grandes torturas chinesas.
Contudo, naquela noite, ele não conseguiu dormir. Pela claridade da lua que se filtrava pela janela, ele ficou olhando a silhueta perfeita da moça e ficou imaginando-a nua...
Logo se encheu de tesão e acabou comendo a garota...
Quando o dia amanheceu, ele acordou com uma pedra enorme no seu peito, onde se lia:
"Tortura número 1: Pedra pesada no Peito".
Ele levantou-se e caminhou até a janela. Depois de atirá-la viu as seguintes inscrições do outro lado da pedra:
"Tortura número 2: Testículo direito amarrado na pedra".
Imediatamente ele pulou pela janela e pouco antes de chegar ao chão, pôde ler a seguinte inscrição:
"Tortura número 3: Testículo esquerdo amarrado no peitoril da janela".


Alecrim – A Charge Online

Aroeira – O Dia – RJ

Bessinha – A Charge Online

Indecisão Casamenteira

Aquele sujeito muito rico não conseguia decidir-se com qual das três namoradas deveria se casar.
Resolveu fazer um teste: deu dez mil dólares para cada uma, para ver o que elas fariam.
A primeira, uma ruiva, comprou um quadro de um artista famoso.
A segunda, uma loira, gastou tudo em jóias e cosméticos.
A terceira, uma morena, colocou o dinheiro na poupança.
Adivinha com qual das três ele se casou?
Com a que tinha a bunda mais bonita!


Bruno - Valeparaibano – SP

César - Jornal da Manhã – SC

Eita Gota! Danou-se!

video

Malho no Sofá

O casal estava namorando no sofá da sala, quando o pai da moça chega de surpresa e pega o rapaz com seu membro em riste. Tentando disfarçar, o rapaz abaixa-se rapidamente e diz:
- O senhor não vai acreditar, mas acho que vi um ratinho aqui embaixo do sofá!
O pai retruca:
- Não vá me dizer que você está pretendendo botar isso tudo no coitado do bichinho!


Cícero – Jornal de Brasília - DF

Claudio – Agora São Paulo - SP

Duke - Super Notícia – MG

Negócios de Família

O português era dono de uma enorme fábrica de salsichas e tinha um filho de 10 anos. Já que o garoto um dia herdaria os negócios do pai, ele resolveu explicar como funcionava uma das máquinas:
- Presta atenção, filho: essa é uma máquina de fazer salsichas. Vou lhe mostrar como funciona.
Então ele colocou um burro vivo de um lado da máquina e puxou uma alavanca. Eles esperaram por alguns minutos e centenas de salsichas sairam do outro lado.
O garoto olhou, perplexo, pensou e disse:
- Nossa pai... Não entendi nada!
Então ele repetiu a operação e a resposta foi a mesma:
- Nossa pai... Não entendi nada!
E por mais que o português se esforçasse o menino não compreendia, até que, muito confuso, ele perguntou:
- Escuta pai, não existe nenhuma máquina onde se ponha uma salsicha de um lado e saia um burro vivo do outro?
O pai, perdendo a paciência, olhou para o filho e desabafou: - Tem sim, filho... A sua mãe!


Elvis - Amazonas em Tempo - AM

Fausto - Olho Vivo

Ique - Jornal do Brasil – RJ

O Segredo do Sucesso

Toda semana preocupe-se em dedicar 100% ao trabalho:
12% nas segundas
23% nas terças
40% nas quartas
18% nas quintas
5% nas sextas

Nota do Humoreco: E o restante do tempo você pode usar para se dedicar à aprender matemática!


Lila - Jornal da Paraíba - PB

Mariano – A Charge Online

Nani – A Charge Online

Sem Férias

Um amigo pergunta para o outro:
- Cara, você nunca tira férias não?
- De jeito nenhum! Eu não posso me afastar da empresa!
- Por quê? A empresa não pode passar sem você?
- Pode! Mas é isso que eu não quero que eles descubram!


Newton Silva - A Charge Online

Quinho – Diário da Tarde - MG

Ronaldo - Pioneiro - RS

Um Estranho no Ninho

Um marinheiro passou um ano navegando e quando volta, encontra sua esposa com um filho japonês no colo. Irritado, por nem ele nem a esposa serem japoneses, o marinheiro perguntou a esposa o que havia acontecido. Ela, calmamente lhe explicou:
- Ele nasceu branquinho e sem os olhos puxados, mas como eu não tinha leite, uma ama-de-leite japonesa se ofereceu para amamentá-lo. Eu aceitei e ele ficou assim.
Como o marinheiro não entendia nada de crianças, resolveu perguntar à sua mãe se era realmente possível acontecer uma coisa dessas. A velha, depois de escutar tudo, respondeu indignada:
- É claro que é possível, meu filho! Quando você nasceu aconteceu a mesma coisa: eu não tinha leite, coloquei você pra mamar numa vaca e é por isso que você está chifrudo desse jeito!