sexta-feira, 14 de abril de 2017

Amarildo - A Gazeta – ES


Dum - A Charge Online


Elvis – Correio Amazonense - AM


Voltando da Pelada

Depois de voltar de uma pelada, Joaquim conversa com os amigos da padaria:
- O jogo foi bem catimbado! Quando eu fui cobrar o pênalti o goleiro me provocou dizendo "Chuta do lado direito que eu pego, chuta do lado esquerdo que eu pego, chuta no meio que eu também pego!"
- E então, o que você fez? – perguntou um dos amigos.
- Ah, eu enganei ele... Chutei pra fora!

Frank - A Notícia – SC


Jarbas - Diário de Pernambuco – PE


Lute – Hoje em Dia – MG


Tomando no Ônibus

Duas bichinhas paulistas estavam passeando nas praias do Nordeste, quando a certa altura resolveram tomar um ônibus para ir para o hotel.
Assim que o ônibus parou elas iam subindo pela porta da frente, quando o motorista alertou:
- Vão tomar lá atrás, por favor!
Ao que uma delas comentou:
- Nooossa, como o povo daqui é simpático! Adorei!


Mariano – A Charge Online


Myrria - A Crítica – AM


Guarda Esperto

O trombadinha foi preso em flagrante. Segurando-o pelo braço, o policial tentava levá-lo para a viatura quando de repente bate um vento e leva o quepe do guarda.
Imediatamente o preso se manifestou:
- Seu guarda, o senhor espera aí um minutinho que eu vou buscar o quepe para o senhor.
Mas o guarda revidou:
- Escuta aqui ó gajo! Você está pensando que eu sou otário? Você acha que eu vou deixar você ir pegar o quepe, pra depois você fugir? Só porque sou descendente de português, você acha que eu sou burro, hein?
- Não, senhor! Eu só queria ajudar!
- Ajudar? Espertinho! Pois fique aqui você que EU vou buscar o quepe!


Pater - A Tribuna – ES


Pelicano – A Charge Online


Catequisando a População

A fim de catequisar mais alguns fiéis para a sua paróquia, o padre colocou um cartaz diante da porta da igreja: "Se você está cansado de pecar, entre!".
Ao que alguém escreveu embaixo: "Mas, se ainda não estiver, me ligue, Cristina: 6969-6969".

Rice – A Charge Online


Ronaldo - Jornal do Commercio – PE


Sinfrônio - Diário do Nordeste – CE


Baixinho Valente

Aquele baxinho franzino entra num bar lotado, sobe num pequeno palco onde uma gorducha cantava, arrebata-lhe o microfone e pergunta para a platéia:
- Tem algum cabra valente aqui que goste de uma boa briga?
No mesmo instante levanta-se um crioulo de 2 metros de altura, sobe no palco e quando chega próximo do baixinho, este fala:
- Muito bem! Já arranjamos um! Tem algum outro cabra valente que queira brigar com este daqui? 

Son Salvador – Estado de Minas - MG


Sponholz - Jornal da Manhã – PR


Tacho – Jornal NH – RS


quinta-feira, 13 de abril de 2017

O padre e a freira

Certa vez estavam um padre e uma freira viajando de volta para o convento.
Até que ao cair da noite, os dois avistaram uma cabaninha no meio do caminho e decidiram entrar para passarem a noite e prosseguirem viagem no dia seguinte.
Ao entrarem na cabaninha, viram que havia apenas uma cama de casal. O padre e a freira se entreolharam e depois de alguns segundos de silêncio o padre falou:
- "Irmã, você pode dormir na cama que eu durmo aqui no chão".
E assim fizeram. No entanto no meio da madrugada a irmã acordou o padre, dizendo:
- "Padre, o senhor está acordado"?
(O padre bêbado de sono)
- "Hein?! Ah, irmã, o que foi"?
- "Ah... É que eu estou com frio. O senhor pode pegar o cobertor para mim"?
- "Sim, irmã, pois não"!
O padre, então, se levantou, pegou o cobertor no armário e cobriu a irmã com muita ternura. Uma hora depois a irmã acorda o padre de novo dizendo:
- “Padre, o senhor ainda está acordado”?
(O padre babando na gola)
- "Anh? Ah, irmã. O que foi agora"?
- "É que eu ainda estou com frio. O senhor pode pegar outro cobertor para mim"?
- "Claro irmã, pois não"!
Mais uma vez o padre se levantou cheio de amor e boa vontade para atender ao pedido da irmã. Outra hora se passou e mais uma vez a irmã chamou pelo padre.
- "Padre, o senhor ainda está acordado"?
(O padre engasgando com o próprio ronco)
- "Anh? Sim irmã, o que foi agora"?
- "É que eu não estou conseguindo dormir. Ainda estou com muito frio".
Finalmente, entendendo as intenções da irmã, o padre então falou:
- "Irmã, só nós dois estamos aqui, certo"?
- "Certo"!
- "O que acontecer ou deixar de acontecer aqui só nós saberemos e mais ninguém, certo"?
- "Certo"!
- "Então tenho uma sugestão: que tal se a gente fizer que nem marido e mulher"?
A freira então pula de alegria na cama e diz:
- "Sim! Sim! Vamos fazer que nem marido e mulher"!
Daí o padre muda o tom de voz e grita:
- “ENTÃO, PORRA”! LEVANTA VOCÊ E PEGA ESSA MERDA DO COBERTOR E VÊ SE NÃO ENCHE MAIS O SACO!

NOTA: Se pensaste um final diferente, reza 10 Avé Marias e 20 Pai Nossos pelos maus pensamentos.

Clayton - O Povo – CE


Duke - O Tempo – MG


Duke - Super Notícia – MG


O Destino do Papai

Logo depois de se mudar, Joãozinho liga para o seu avô:
- Oi Vô! Sabia que a gente já mudou pra casa nova?
- É mesmo? - interessa-se o avô - E aí, vocês estão gostando?
- É o maior barato! Tem um quarto só para mim e outro só para minha irmã. Só o coitado do papai é que tem que continuar dormindo com a mamãe!

Elvis – Correio Amazonense - AM


Mario – A Tribuna de Minas - MG


Miguel - Jornal do Commercio – PE


Pedindo Documentos

O português ia belo e folgado dirigindo a sua besta numa estrada, ao lado de sua esposa, quando um guarda faz sinal para ele parar.
- Os documentos da Besta, por favor!
- Pois não, seu guarda! Cá está! O CIC, o RG e o meu Título de Eleitor! Tudo direitinho!
- Não é nada disso! Eu quero os documentos da perua! - pede o guarda.
Então, o português vira-se para sua mulher e diz:
- Ô Maria, o homem quer ver os seus documentos!

Myrria - A Crítica – AM


Nani – A Charge Online


Newton Silva – A Charge Online


Recordações do Leito da Morte

Jacó está no seu leito de morte e Sara ao seu lado segura a sua mão.
- Sara, eu estou morrendo... - diz ele com voz rouca.
- Calma Jacó, eu estou aqui do seu lado, como sempre!
- Sara, me diz uma coisa, quando nós vivíamos na Polônia e os camponeses da vila vizinha invadiram e queimaram a nossa casa, você estava comigo?
- Mas claro, Jacó! Eu estava com você sim!
- Sara, e em 42, em Paris, quando os nazistas nos capturaram, você estava comigo?
- Claro que sim, Jacó! Eu sempre estive ao seu lado!
- E quando fomos levados para Ausschwitz, você estava comigo?
- Estava sim!
- Puta que o pariu, Sara! Como você é pé-frio!

Nicolielo - Jornal de Bauru


Pater - A Tribuna – ES


Ronaldo - Jornal do Commercio – PE


Assistindo ao Balé

O sujeito estava assistindo a um balé com a mulher, quando de repente começa a rir.
- Por que você está rindo? - pergunta a mulher.
- Estou imaginando qual seria a reação do público se de repente eu pulasse no palco e violentasse uma das bailarinas.
A mulher não faz nenhum comentário, mas pouco depois começa a rir.
- Por que você está rindo? - pergunta o sujeito.
- Estou imaginando o que você faria se o público pedisse bis!

Simanca - A Tarde – BA


Sponholz - Jornal da Manhã – PR


Tacho – Jornal NH – RS


terça-feira, 11 de abril de 2017

video

Vibrador

Aquela velhinha estava desesperada por sexo. Resolve ir ao um sexólogo, que a aconselha a comprar um vibrador. E ela comprou o dito cujo. Sem saber como fazer, ela pergunta ao balconista:
- Como se usa isto?
O balconista:
- É fácil! Faça como se fosse seu marido. É igualzinho...
No dia seguinte, ela volta à farmácia chorando:
- Isto não funciona. Foi uma catástrofe...
- Mas por quê? pergunta o farmacêutico.
- Eu fiz como se fosse com meu marido e o resultado é que quebrei todos meus dentes da frente...


Atorres - Diário do Pará – PA


Duke - Super Notícia – MG


Elvis – Correio Amazonense - AM


Testamento

Um advogado morre e pede em seu testamento que cada um de seus três sócios jogue 50 reais dentro de seu túmulo, na hora do enterro.
O primeiro pensa muito, tira uma nota de 50 reais da carteira e a joga na cova.
O segundo reluta bastante, mas também joga uma nota de 50 reais.
O terceiro recolhe as duas notas de 50 e joga um cheque de 150 reais na cova.
  

Frank - A Notícia – SC


Genildo - A Charge Online


J. Bosco - O Liberal – PA


Pulando do prédio

Uma mulher chega das compras e vê uma multidão em frente ao seu prédio. Curiosa, pergunta o que está acontecendo e alguém diz que um maluco quer pular do último andar. Ela olha para cima, vê que é o seu marido e grita:
– Meu bem, não pule! Eu te coloquei um par de chifres, não um par de asas...

Jorge Braga - O Popular – GO


Myrria - A Crítica – AM


Nani – A Charge Online


A Bestemunha

Servindo de testemunha no julgamento de um acidente que ocorrera na beira do cais, o marinheiro responde às indagações do promotor:
— Que horas eram quando o seu navio atracou?
— Dez horas da noite!
— E o que o senhor fez assim que desceu do navio?
— Fui para casa!
— A que horas o senhor chegou a sua casa?
— Por volta das dez e trinta!
— E quando chegou a casa, qual foi a primeira coisa que o senhor fez?
— Fiz amor com a minha mulher!
— E depois?
— Coloquei as malas no chão!

Pater - A Tribuna – ES


Son Salvador – Estado de Minas - MG


Sponholz - Jornal da Manhã – PR